images (1)

Enxaqueca e Homeopatia

CLASSIFICAÇÃO: Homeopatia trata disso? - 13/10/2012

Uma das queixas mais comuns no consultório é a dor de cabeça. Talvez pelo stress, pelo ritmo de vida exaustivo, pela falta de tempo para nós mesmos, enfim, como já disse inúmeras vezes aqui e no consultório, quando a panela está no fogo e chega a ferver, uma válvula de escape começa a apitar para dar o alarme e colocar um pouco de pressão para fora, afim de evitar que a panela estoure. A cabeça, no adulto, é frequentemente utilizada com essa finalidade.

Como a Homeopatia pode ajudar aquelas pessoas que sofrem com essa válvula? Desparafusar? Os remédios que diminuem a dor só tapam a válvula momentaneamente e olha lá! Nossa proposta é um pouco mais ambiciosa. Quando não é suficiente educar a pessoa para reconhecer a “fonte de calor” e tirar a panela do fogo, só nos resta aumentar a resistência da panela ou da pessoa que sofre de enxaqueca para que não apite com tanta freqüência ou com tal intensidade.

Em geral o tratamento se faz com a busca do remédio de fundo, que ocorre sempre, independente da queixa, e vai ajudar não apenas durante a crise mas, se usado corretamente, fará com que as crises se espacem. Esse medicamento homeopático, também poderá ser usado em outras queixas e mesmo quando o stress estiver num ponto mais intenso.

A busca do medicamento de fundo (MF) se faz conseguindo o máximo de informações possíveis do paciente. Como é a dor? Detalhes de localização, irradiação, características da dor, horário em que aparece/desaparece, sintomas concomitantes, fatores que melhoram ou pioram a dor são algumas das informações que são perguntadas e quanto mais particulares e características elas forem, mais valorizadas serão na escolha do MF.

Porém para definir o MF é preciso deixar a dor de lado e tentar entender como a pessoa funciona? Quais suas características mais marcantes? O que ela mais gosta de fazer? O que a tira do sério? Quais os alimentos que mais aprecia e por quais tem aversão? Como reage com o clima, com a temperatura? Quais sonhos se repetem? Como reage a contrariedades? Como é sua atitude no dia a dia e nas situações de conflito?

Por último, é necessário muitas vezes, ter um remédio da crise de enxaqueca, onde todos os sintomas são de novo perguntados, pois nem sempre a crise se dá no mesmo lado da cabeça, tem o mesmo tempo de evolução desde seu início até seu agravamento, vem igualmente acompanhada de náuseas, tontura ou pontos cintilantes. Os sintomas mentais também variam de crise para crise, o humor, os fatores desencadeantes, enfim, uma série de condições para o homeopata atento levar em consideração.

Mas uma coisa eu posso afirmar: a Homeopatia é bastante eficaz no curto, médio e longo prazo, e de maneira alguma exige que o paciente tenha que escolher entre uma terapêutico e outra. Aceito começar como uma terapêutica complementar e aos poucos deixar a alopatia apenas para os casos mais raros.