balança

Homeopatia e Obesidade: tem remédio, doutor?

CLASSIFICAÇÃO: Homeopatia trata disso? - 13/01/2012

Muitas pessoas procuram a Homeopatia para emagrecer. Algumas o fazem corretamente, mas a maioria está apenas em busca de mais uma medicação milagrosa.  Sinto informar que a Homeopatia não tem medicamentos que inibam o apetite, que aumentem a sensação de saciedade ou que acelerem o metabolismo até o ponto em que possam continuar comendo a mesma quantidade e qualidade de alimentos sem engordar.

Mas então no que a Homeopatia pode ajudar? A Homeopatia não trata doenças e sim de pessoas. Essa máxima se aplica com perfeição aos gordos, gordinhos e obesos. O medicamento homeopático pode sim ajudar o organismo a se regular melhor e principalmente a controlar sua compulsividade e a ansiedade que em geral impulsiona o gordinho a comer mais freqüentemente e em maior quantidade.

Esse medicamento, porém, deve ser individualizado. E nem sempre age sozinho! 

No processo de individualização, o homeopata faz uma boa anamnese da vida pregressa da pessoa, buscando sintomas raros, particulares e bem característicos que ajudem a identificar o seu remédio de fundo. Quanto maior for a auto percepção da pessoa e sua capacidade de se apresentar ao médico, tão mais fácil será essa busca do remédio mais adequado.

O bom homeopata deve também procurar averiguar os hábitos alimentares e propor algumas mudanças eventuais e, em alguns casos, indicar um nutricionista para montar um cardápio saudável e prazeroso.  Daí a César o que é de César, é o meu lema…mesmo sabendo que é um plágio! O nutricionista (não precisa ser nutrólogo) é profissional bastante habilitado para isso.

A prática de exercícios também não deve ser esquecida durante a consulta. Primeiro, por que faz bem e ajuda a combater o sedentarismo e uma porção de doenças que vêm relacionadas, inclusive o envelhecimento precoce. Depois, por que acredito que nada vem de graça e quem quer emagrecer precisa se esforçar. Suar a camisa!

Mas uma mudança que tenho visto acontecer com freqüência no consultório, relacionada aos pacientes que me procuraram para perder peso é uma maior aceitação de sua condição física, uma melhora da auto-estima. Muitas vezes a pessoa tem problemas em alguma outra área de sua vida, e numa consulta homeopática isso se torna mais evidente. A preocupação com o emagrecimento, às vezes, é uma estratégia inconsciente de desviar o foco do verdadeiro problema que está afligindo o paciente.

O medicamento homeopático, a prática de exercícios regulares, uma orientação alimentar não muito rigorosa e, às vezes um psicoterapia (quando realizada com um psicoterapeuta bom) é o melhor caminho para a pessoa que quer ficar mais saudável, física e emocionalmente, pois um não vem sem o outro. E não precisa ter pressa para ver os resultados. O importante é acertar o caminho e não o tempo que se leva a chegar lá.